sexta-feira, 27 de março de 2009

Quando a amizade acaba...


É difícil aceitar quando a amizade acaba, mas é uma verdade pra mim, amizades podem sim ter fim, mas nada impede que haja um recomeço e outro fim e outro começo...

Amizades são como romances, você se envolve com a pessoa, aquele momento onde tudo combina, tudo é legal, tudo diverte e faz divertir, rola admiração, onde se fala a mesma lingua, pensam as mesmas coisas e mesmo quando as opiniões não são as mesmas há uma forma tranquila de se aceitar, e reconhecer as singularidades. Só que um dia pode não rolar mais, por questões psicológicas pessoais, cada um entra em uma nova fase, encontra um nvo romance e deixa de lado a amizade, ela passa a não fazer mais parte das suas práticas diárias.

Para mim existe amizade entre mulher e homem normalmente, assim como pode haver aquela amizade entre homens (aprendi que é chamado de bromance), e entre mulheres que não se desgrudam, fazem tudo juntos, dividem suas vidas, conversam sobre tudo, desabafam sobre os problemas, quando saem sempre vêem algo que lembra a pessoa, enfim, tudo isso sem necessariamente haver desejo (homo)sexual.

Li o seguinte uma vez: "O "bromance" é comum até mesmo entre os gays, existem amigos que são verdadeiros casais, fazem tudo juntos - menos transar. Alguns até tentam, mas deve rolar falta de química ou conflito de interesses. E mesmo assim, se mantêm uma relação muito mais sólida e duradoura do que qualquer namoro".

O mesmo serve para meninas héteros, meninos héteros, meninas homo. Porque amizade não envolve sexo e se envolve não interfere, é sem significado sentimental.

Mas acredito que o fim exista, essa coisa de pra sempre é facilmente explicada. O fim não necessariamente é algo declarado aceitado e consciente, mas uma série de fatores podem indicá-lo.

É simplesmente quando as coisas perdem toda a intensidade, não acho que a pessoa muda seu sentimento, o sentimento pode ser eterno, o carinho, o afeto, o respeito, as boas lembranças, mas a amizade pra mim assim como um romance vive da prática, pratica-se amizade, lembro muito da musica, "existem provas de amor, apenas provas de amor, não existe amor", porque algo, ao meu ver, só existe se vc passa do plano das idéias para o plano das ações (vulgo real), e apenas considerar muito alguém como amigo não é algo real, deve-se colocar na prática essa consideração.

Uma amizade morre quando acabam as práticas de amizade, e ficam apenas as lembranças o carinho e a consideração guardados no plano das idéias. Ressucitar é uma tarefa difícil, deve ser espontânea de ambos os lados, mas acredito que seja possível também.
______________________________________________________

RE: Funny - Querido Funny, relaxa, tá tudo bem... o texto era de umas semanas atrás, o Hablando é um blog pós fato, ainda preciso colocar aqui sobre o Caê e a Glenda Rocks no carnaval 2008!Num rola nenhuma crítica faz um tempinho...Abraaaaço!

RE: JP - Espero mesmo que esse meu amigo seja inteligente, só dou conselho pras pessoas que me importo. Mas cobro resultados também, ele que se cuide!

RE: Leila - O cuaderno Diário deve ser rebaixado para cuaderno mensal, pensei que ia acompanhar de longe essa viagem e nada, pelo menos no papel escreva essa experiência quem sabe um dia vira livro e vc fica rica? rs

RE: Tha! - Concordo plenamente, quando for assim pode complementar meus posts tá? / Também reconheço esse papo, mas já havia refletido sobre ele antes de papear sobre!Beijo!

RE: Dimas - Sim, nivelando por ser Sbt gostei sim do cenário, achei adequado, issso já conta muito por ser deles né! Também estranhei mas não serei irredutível.

RE: Chris/Coração/Xapa - Nós reparamos em tudo mesmo né? Mas esses nomes passam longe de Hollywood, tá mais pra Estudios Versão brasileira Hebert Richers...hehe Bejaum!


Cidão!

6 comentários:

Dimas disse...

Pois é, eu acho que relacionamentos humanos, como o drama, tem começo, meio e fim. Doeria muito menos se as pessoas entendessem isso. E , inclusive, que isso é bom. Como diz o semisonic: "Every new beginning comes from some other beginning´s end"...

JP disse...

Concordo com tudo o que vc disse ai cidão, realmente as amizades acabam, algumas delas passam a virar colegas ou conhecidos, o q acho que em certas alturas da vida "normal", pois mudamos muito com o tempo, o q acho otimo, e algumas pessoas acabam nos desviando de caminhos dos quais sonhamos, ou nos mudamos para longe (temos provas de que isso não é uma lei também neh) e prejudicando a amizade, acho que todo relacionamento para dar certo eh necessario respeito e sinceridade!

Gostei do post, qdo vi o titulo achei meio estranho pensei: "nossa"

E aproveito também para te mandar os parabéns que acho q seus textos tão cada dia mais interessantes! abraço!

Leila... disse...

Nossa, mas os ultimos 2 posts foram avassaladores, hein? Voce pegou temas que eu sempre pensei, sempre mexeu demais comigo e eu nunca consegui expressar! Mas eu li e me identifiquei com casa palavra, cada situacao! Ahhhh, vc eh um genio! Manda bem demais! E eu te dou total razao. Preciso rebaixar o Cuaderno Diario para cuaderno mensal... Mas prometo fazer esforcos para mudar essa situacao, ok? Acho que agora que ja estou aqui ha um mes e meio conseguirei escrever com mais calma, as coisas ja se organizaram melhor! E pretendo comprar um lap top tambem... Enfim, esta de parabens por mais um texto brilhante! Bjokas!!!

tha! disse...

as coisas são assim né? sem o menor sentido...amores, amizades e até inimizades, vão e vem...acreditem vcsmas eu odiava a jacke, e hj ela é uma das minhas melhores amigas! mas acho que se for natural o afastamento, não tem problema, agora quando a gente termina uma amizade por causa de brigas, é muito ruim...
viu, só pra complementar, nem parece mais que sou dona do blog também, mas não esqueci de vcs não hahaha

bj!

Jéssica disse...

Olaa... sei que já tem tempo esse texto.. mas evidencia tudo o que sinto.... é muito bom ver que outras pessoas também pensam igual a mim...

Copiei e postei no face... =) Referenciando o seu blog!!!!

Parabéns!!!!

HablandoMás disse...

Obrigado pela mensagem Jéssica e por nos referenciar!
Fique a vontade, sempre.
Beijos.

[C]